As 15 profissões mais procuradas e bem pagas em 2021

Em 2020, o mundo do trabalho sofreu muitas mudanças e, como consequência directa, as empresas procuram novos perfis para enfrentar o próximo ano. A IEBS Business School identificou as profissões mais procuradas e consequentemente bem pagos este ano.

 

1. Analista de dados

Já em 2019, as profissões especializadas em Big Data superaram todos os rankings de procura das empresas e, este ano, parece que a tendência será a mesma. Um analista de dados examina uma grande quantidade de informação e extraem padrões e estabelecem estratégias com base nos dados recolhidos.
Muitas empresas pretendem contratar um ou dois Data Analyst, cujos salários variam de 50.000 a 80.000 euros por ano.

2. Arquitecto Blockchain

A tecnologia Blockchain é usada em todos os sectores como um método seguro para verificar os processos e fazer transações. Usa a descentralização como medida de segurança e é vista como a principal inovação do bitcoin. É um dos perfis mais procurados pelas empresas digitais este ano.
Sendo um perfil recente, a procura e os salários desses especialistas dispararam, com um salário médio de 90.000 a 110.000 euros por ano.

3. Consultor SAP

O consultor SAP gere e adapta o software SAP às necessidades das empresas. É o responsável por aproveitar ao máximo o software da empresa.
Têm um salário bruto médio de 45.000 euros, dependendo da empresa.

4. CRM manager

O perfil de CRM manager (Customer Relationship Management) ganhou muito destaque nos últimos anos. Esta função tem como missão definir e desenvolver a estratégia de CRM no comércio online.
Normalmente, o salário médio de um CRM manager varia entre 25.000 e 35.000 euros por ano, independentemente da experiência.

5. Digital Product manager

Um Digital Product manager é responsável por coordenar estudos sobre vendas online para desenvolver o plano de marketing da empresa e liderar a transformação da área digital.
O salário bruto é de 70.000 euros por ano, dependendo da empresa e de sua experiência.

6. Director de empresa

Os directores de empresa são responsáveis por promover as estratégias do negócio. Também são responsáveis pela motivação dos trabalhadores, tentando melhorar a produtividade.
Têm um salário bruto médio de 50.000 euros no início da função.

7. Director Financeiro

O director financeiro tem como função coordenar todas as tarefas administrativas e financeiras de uma empresa.
O salário bruto médio destes profissionais varia de 45.000 a 50.000 euros, inicialmente.

8. Director de Marketing Online

Este profissional é responsável por estabelecer contratos de publicidade e criar novas campanhas para a promoção dos produtos ou serviços de uma empresa.
O salário anual varia entre 45.000 e aproximadamente 120.000 euros.

9. Director de Vendas

Os diretores comerciais ou de vendas têm como principais funções propor uma estratégia de vendas, medir os resultados e liderar o departamento Comercial.
Esses profissionais têm um salário base bruto médio de 40.000 a 45.000 euros, dependendo da experiência. Normalmente recebem comissões de venda.


10. Influencer

É uma das mais novas profissões dos últimos anos. Os influenciadores chamaram a atenção das marcas e, portanto, dos departamentos de Marketing. Actualmente, 80% dos profissionais das indústrias da moda, luxo e cosméticos usam o marketing de influência.

11. Especialista SEO

Actualmente, não ter presença nos motores de busca pode ser a diferença entre sucesso e fracasso. Por esse motivo, é necessário ter um especialista em SEO que projecte e optimize o conteúdo para alcançar um número maior de clientes em potencial.
O trabalho de SEO é recompensado anualmente entre 25.000 e 50.000 euros, dependendo do volume de trabalho e da carreira do candidato.

12. Especialista em cibersegurança

Os especialistas em cibersegurança tem a tarefa de proteger os dados das empresas e garantir que os mesmos continuam sigilosos.
Destaca-se que o perfil júnior de um especialista em segurança cibernética recebe um salário de 30.000 euros brutos por ano.

13. Growth Hacker

O Growth Hacker é o perfil da moda nos departamentos de Marketing Digital, devido à sua grande capacidade analítica e criativa que permite a criação de estratégias de crescimento digital. As suas principais tarefas são recolher dados, analisá-los e tirar conclusões para implementar estratégias, a fim de melhorar o posicionamento de um produto ou serviço em relação à concorrência.
Os salários de um Growth Hacker variam de 30.000 a 35.000 euros por ano, com uma experiência entre dois e cinco anos.

14. Gestor de redes socias

As funções de Social Media manager e de Community manager abriram caminho entre as profissões mais importantes actualmente. Têm como principais funções planear e projectar a comunicação estratégica da empresa através das redes sociais.
Estes profissionais podem receber entre 25.000 e 70.000 euros, dependendo da sua classificação e responsabilidade.

15. Scrum master

Outro perfil muito procurado em 2021 é o de Scrum master (SM) ou facilitador de projectos. O salário anual do Scrum Master é entre 35.000 e 50.000 mil euros, se tiver experiência.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.