Fazer Curriculum VitaeModelos CV Download Grátis

Algarve com desemprego mais baixo do país

Pela 1ª vez a região do Algarve com desemprego mais baixo do país!

Desde os últimos três meses de 2008 que o desemprego algarvio não era tão baixo como no segundo trimestre deste ano.

A taxa de 8,1% significa que a região tem pela primeira vez o desemprego mais baixo de Portugal.
É claramente a região em destaque no Inquérito ao Emprego do INE: a taxa de desemprego do Algarve afundou 4,1 pontos percentuais entre o primeiro e o segundo trimestre de 2016 e está agora nos 8,1%.
Segundo o “Jornal de Negócios”, pela primeira vez desde 1998 – quando o INE começou a compilar estes dados – o Algarve tem a taxa de desemprego trimestral mais baixa entre todas as regiões do país.
Durante a década passada, esse lugar era ocupado quase sempre pela Madeira ou pelos Açores, com os últimos anos a fazerem do Centro a região menos afectada pela crise no mercado de trabalho. Agora, o Algarve reclama essa posição.
A região acompanha assim a tendência de descida observada no resto do país, mas a um ritmo mais forte. O pico do desemprego algarvio foi registado no primeiro trimestre de 2013 nos 20,1%, estando agora em menos de metade desse valor. Até 2009, a região sempre teve taxas de desemprego abaixo dos 8%, tendo iniciado uma escalada depois da crise financeira do final de 2008.
O mesmo jornal frisa também, que o recuo significativo sentido neste segundo trimestre de 2016 (menos 4,1 pontos face ao trimestre anterior) é muito influenciado pelos empregos sazonais, tipicamente criados nestes meses de maior actividade turística e que depois correm o risco de desaparecer.
O “bom desempenho” do Algarve, que tem muitos empregos no sector do turismo, parece também indiciar que esse ramo de actividade estará a ter um impacto muito grande no alívio do mercado de trabalho nacional.
Na totalidade do país, a taxa de desemprego caiu 1,6 pontos percentuais, passando de 12,4% para 10,8%.

Algarve Primeiro

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Pin It on Pinterest

Share This