Os entusiastas pela vida animal, quando chegam à altura em que têm de escolher uma atividade profissional para exercerem no seu futuro, muitas vezes, optam por estudar medicina