O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) continua a subir desde o início do ano. Estão 432 mil pessoas oficialmente inscritas e disponíveis