O Governo vai testar a partir de Janeiro a atribuição mais rápida da identificação contributiva da Segurança Social aos cidadãos estrangeiros que cá vivam e trabalhem. A demora