O projeto do Presidente da República que renova o estado de emergência até 01 de março admite que sejam impostos limites ao ruído em certos horários nos edifícios